XpK

17/06/2008

Max Hill…

Filed under: Planeta — XpK @ 17:19

Num momento que ainda nem abaixou a poeira do WNBR, e faltam 2 semanas para a
bicicletada junina, fui – como sempre – trabalhar de bike.

Como os arredores não oferecem lugar para parar a bicicleta com segurança,
acostumei deixá-la num poste junto de um ponto de táxi, presa por 2 cadeados
daqueles de bicicleta mesmo (espirais grossos). O Bicicletário do Shopping
West Plaza agora só abre às 10:00, então quando é mais tarde, descia e
levaba a bike para dentro do Shopping.

Sundown Max Hill

Sundown Max Hill

Eis que ao descer para guardar a bike, ela não estava mais lá.
Simplesmente algum indivíduo se apossou dela. Não há testemunhas nem
rastros.

Em outubro de 2002 tinha sido roubada a minha Sundown Brisk (que comprei com muito
esforço), e no natal de 2004, meu pai me presenteou com esta Sundown Max Hill.
Agora, em 17 de Julho de 2008 o círculo está fechado.

Agradeço a minha bike, pois foi com ela que descobri o cicloativismo, a
bicicletada, a saúde, a economia, a alegria de viver, e pessoas tão amigas
quanto vocês.

Apenas espero que minha Sundown Max Hill ache no futuro uma boa pessoa que
possa cuidar dela com tanto empenho quanto eu lhe dediquei.

Sundown MaxHill
-Cambio 21v Shimano TZ30
-Catraca Shimano TZ-07
-Passadores Quick Fire GTSM1
-Aros VZan Escape 260
-Cubos Chin Haur
-Cámaras Kenda
-Pneus Pirelli Daytona
-Selin Velo Geltech
-Paralamas genéricos
-Barends Amarelos Alumi
-Bagageiro em Aluminio
-Fixação para Pisca Traseiro Cateye
-Fixação para Farol Dianteiro Cateye

Anúncios

16/06/2008

Após o WNBR…

Filed under: Planeta — XpK @ 17:06

Toda segunda-feira, vejo que o pessoal que torce por time de futebol chega
empolgado pelos resultados dos jogos no final-de-semana recém passado.

Eu não torço por time nenhum já que o futebol nunca me empolgou, mas desta
vez conheci a alegria do torcedor.

Embora pretendia para participar nesta partida, não deu para comparecer.

O fato é o time do meu coração, com 500 jogadores entrou no campo, jogou
bonito e jogou limpo, marcou gols que o adversário não conseguiu conter.

O juiz jogava contra a gente e expulsou injustamente um de nossos jogadores (por ter jogado sem camisa?).  Enquanto os outros
levaram violentas faltas sem terem sido marcadas.
.
.
Obrigado amigos, conheci a alegria do torcedor.
Mas não é uma alegria oca, inflada pela grande mídia, que morre na metade da
semana.
É uma alegria permanente, pois sei que torço pelo time da evolução humana.

Blog no WordPress.com.